Já passei de mil programas há muito tempo

Sucesso na web, a garota de programa em site de acompanhantes, de 21 anos, segue os passos de Bruna Surfistinha, que teve a história contada em filme

Já passei de mil programas há muito tempo

Em entrevista ao GPdica durante estádia em site de Acompanhantes, a jovem diz que já perdeu a conta de quantos homens com quem foi para cama.

 

“Foram muitos milhares, mas nunca contei. Já passei de mil há muito tempo. Faz a conta: dez por dia, em um ano, já são mais de 3 mil. E antes de cobrar, já tinha muitos na conta”, brinca Bianca, que na verdade se chama Natália Silva.

Com a fama conquistada através da internet, ela afirma ainda que cobra R$ 350 por hora. “Desde que a minha história explodiu, aumentou muito a demanda e precisei subir o preço para dar conta. Hoje, cobro R$ 350 por hora. Poderia até cobrar mais, mas acho esse um valor legal, que permite aos clientes voltar sem pesar tanto no bolso”. Antes de virar garota de programa, ela dava aulas de português e sua hora não passava de R$ 10.

Apesar de ser apontada como sucessora da Surfistinha, Bianca não gosta das comparações. “Temos a mesma profissão e um site de acompanhantes de luxo. E só. Acho natural essa associação, mas temos estilos e histórias muito diferentes. Nunca quis ser uma Bruna. O blog era o que eu tinha na época para fazer esses relatos. Não tenho nada contra ela, mas são pessoas diferentes. Será que sempre que surgir uma cantora de axé, vão comparar com a Ivete Sangalo?”, questiona.

Virgindade – Bianca contou na entrevista ao site GPdica que fez sexo pela primeira vez aos 13 anos quando morava em brasília,  mas que apesar de gostar do que faz, não curtiu a experiência inicial. “Foi aos 13 anos, com um cara que conheci na internet. Ele tinha uns 30 anos. Foi horrível e eu desencantei completamente. Não esqueço aquela imagem de um homem falando ao celular com a mãe, pelado, usando uma meia de seda”. O primeiro programa ela fez aos 16.